Fazer a coisa certa

br deMinha mãe sempre me contou, que quando ela era mais jovem e tinha decidido ir morar no Brasil junto com meu pai e irmãs, ela ficava noites em branco pensando se essa tinha sido a melhor decisão pra família toda. Afinal, era um país novo e a família toda ficaria no Perú.

Sempre achei essas dúvidas engraçadas, porque pra mim, que nasci já no Brasil, não via o porque de tanta preocupação. No Brasil era muito melhor ;)

Mas essa noite eu entendi muito bem o que minha mãe passou. Me bateu um desespero, uma preocupação, quase um pânico: estou fazendo a coisa certa pra minha filha? Eu nunca tive dúvidas que gostava de morar aqui na Alemanha e queria continuar por aqui. Mas agora que a Milena chegou, não consigo parar de pensar no assunto.

É certo privar ela do contato com a família do Brasil? Afinal, a família aqui da Alemanha também esta longe e, venhamos e convenhamos, o sentimento de “família” aqui na Alemanha não é a mesma coisa que no Brasil.

Não vai ter a família toda reunida nos aniversários, não vai ter os vovôs vendo os teatrinhos dela na escola, não vai ter as brincadeiras com as primas ou paparicações das tias.

Claro que ela vai poder ter outras experiências aqui na Alemanha, mas essa pergunta agora não sai da minha cabeça: o que será a coisa certa?

Share this Story

14 Comments

  1. Sofia

    November 23, 2011 at 09:55

    Ohhh como te entendo… Passei exactamente pelo mesmo e ainda penso nisso mas hoje já tomei uma decisão. Vamos ficar na alemanha. O que pesou na nossa decisão foi a qualidade de vida economica, a nível de saúde e também porque me sinto muito bem aqui. E qual é o lugar melhor para o meu filho se não for o lugar obde a mama se sente bem?
    E nestes 2 anos tenho me deparado com surpresas boas, o Leo esta pouco com a familia mas falamos via skipe umas 3vezes por semana, temos visitas e vi o meu pai a deixar completamente de lado o seu quotidiano para sentar no chão a brincar com o neto coisa q nunca fez comigo ou mesmos com os sobrinhos que estão perto por falta de tempo.
    Claro que viver longe tem coisas más sem familia por perto temos que fazer tudo sozinhas, e claro que há dias que a saudade aperta mas seja qual for o lugar do mundo onde o meu filho crescer vou sempre me questionar se não seria melhor de outra forma. E a familia está lá sempre seja qual for a distancia as oportunidades de futuro (estudos, saude, trabalho) essas ibfelizmente não existem em todo o lado… E também são muito importantes.

    E as férias essas são sempre fantasticas com a família a 100% só para nós

    Beijo
    Ultimo post: Educar exige confiança e carinho!!!

  2. Marcelle

    November 23, 2011 at 12:06

    Não conheço a Sofia mas ela já falou tudo…
    Vcs vai ter dúvidas onde estiver, como toda mãe (a minha diz q tem até hoje)…
    Mas com certeza vc sempre vai tomar sua decisão baseada no que vc imagina ser o melhor ! E isso já vai ser suficiente pra ela ficar bem e ter uma vida maravilhosa junto de vc e do seu marido!
    E sempre vão aparecer promis e vc traz sus mamãe e papai rs !!!
    Bj enorme

  3. meiroca

    November 23, 2011 at 12:38

    Eu ti entendo perfenitamente.
    Ultimo post: Criar folha para inscrição online em eventos e festas

  4. Ingrid

    November 23, 2011 at 12:47

    Eu tenho pensado essas coisas também. O sentido da familia aqui é muitooo diferente do Brasil. Minha familia toda lá e meu pequenininho nao vai crescer com eles. Acho isso muito triste, privar minha familia de conhece-lo, mesmo que eu vá todos os anos pro Brasil com ele, a minha familia lá será praticamente estranha pra ele :( por isso quero sempre mostrar fotos, contar sobre o pais e minha familia e claro ensinar portugues pra ele pra diminuir um pouco a distância. Eu queria muito que ele crescesse no Brasil pq acho o país mais humano do que aqui, claro que existem muitas vantagens de se morar na Alemanha mas estou assim “em cima do muro” no momento…

  5. Alice

    November 24, 2011 at 03:42

    vc pode estar com essa dúvida pq agora é 100% responsável e dedicada a sua ursinha!!! não tenho filhos, mas acredito que os pais sempre querem o melhor para os filhos e não há receita pronta pra isso, cada um cria a sua própria receita e escolhe o caminho que achar melhor. Tenta não se questionar muito e siga em frente. Bjs

  6. Flavia

    November 24, 2011 at 22:31

    Oi Mi, a Sofia estah certissima, qdo a Victoria nasceu passei por isso tbem, ainda mais ficando em casa e a cabeca fica a mil por hora :-) Ainda paro e penso as vezes nisso tbem, mas ai me lembro, se estivesse em SP, nao teria quase ninguem da familia por lah, aquele negocio de um monte de primos por perto que nem eu tive qdo crianca nao tem. A familia estah espalhada pelo Brasil.
    Nao sei se a decisao eh a certa ou a melhor, mas estamos aqui por enquanto. Hoje em dia fica tudo mais facil com Skype e visitas, nao eh o ideal, mas ajuda bastante. ateh ficar de baba para a victoria pelo skype minha mae jah ficou (qdo ela era nenem e soh rolava de uma lado para o outro e eu tinha que arrumar alguma coisa na casa, rs).

    Bjs.
    Ultimo post: Cansei

  7. Ingrid Gomes

    November 29, 2011 at 18:21

    Será que eu sou a única que nunca pensei no assunto com dor no coração e não vejo privação nenhuma??? HAHA

    Venho de uma familia gigante, fui criada rodeada de primos, tias, vizinhos e afins, infância linda, tudo muito legal, mas meus avós morreram, os primos cresceram e apesar de todo mundo continuar se amando, se reunindo nas festas, a vida mudou e cada um tomou seu rumo.
    Se eu vivesse no Brasil certamente estaria tão ocupada quanto a senhora minha mãe, que vive pulando de congresso em congresso e qunado chega final de semana quer ficar quieta no canto dela, em paz, óbvio que se o neto tivesse por perto ela teria tempo pra ele, mas não acho que faria mais doque já faz via skype.
    Uma vez um professor disse que a saudade nos fazia criar uma realidade que não existe, e eu acredito nisso, longe de casa tudo é lindo, perfeito, a familia é unida, alegre, as pessoas lembram das coisas boas, doque é positivo… mas a verdade é que as coisas são um pouquinho diferentes, e principalmente quem mora fora, vive uma vida independente pode sofrer ao voltar pra casa, óbvio que esse pode não ser o seu caso, mas acredite, existe muito disso por ai.

    O sentimento de familia pode ser diferente na Alemanha, mas na sua casa será como vc quiser que seja, simples assim, não se aflija, ainda é cedo pra isso, veja o lado bom e seja feliz com aquilo que está nas suas mãos, essa foi a vida que você escolheu, esse foi o lugar onde você escolheu começar sua familia, pode ter certeza que assim como sua mãe, você estava certa quando fez essa escolha e sua filha também terá uma vida muito legal! =)

    Beijocas querida.
    Ultimo post: Chegou a Hora de Comemorar!

  8. Vivi

    November 29, 2011 at 21:26

    Olha, já tinha visto este post, mas quando li passou tanta coisa na minha cabeça e aí pensei: “O que falar pra minha amiga?” Não tenho filhos e nunca morei fora da minha terra Brasilis, mas concordo com a Ingrid, Sofia e Flavia, acho que a saudade do nosso “chão” faz a gente fantasiar um pouco, mas por outro lado tive o prazer de conhecer um pouco seus pais e irmãs e sei o qto vcs são unidos e se gostam verdadeiramente. Nossa como é complicado isso – rsrsrsrs
    Como diz Gilberto Gil em uma música: ” o melhor lugar do mundo é aqui”. Ou seja onde vc estiver e decidir que é bom pra vcs :)
    Te amodoro amiga!
    Ultimo post: Inverno no RJ

  9. Lu Francesa

    November 30, 2011 at 01:00

    É, complicado :( , algo a pensar, difícil falar agora… talvez não seja o melhor em relação a família, mas melhor em qualidade de vida e oportunidades….

  10. Lu Francesa

    November 30, 2011 at 01:07

    Li os comentários, concordo com a maioria, as vezes fantasia-se muito qdo está distante… Li em um blog uma vez, alguém dizendo que a mãe falava mais com ela que está fora do Brasil do que com a irmã que mora no mesmo prédio, para vc ver como são as coisas, o que a falta de tempo não faz… estando fora arruma-se sempre um tempo para skype, não é a mesma coisa, mas tb o q adianta estar no Brasil e não se ver muito ?

  11. Julie

    November 30, 2011 at 23:03

    Ai, como é difícil opinar sobre isso… Acho que o melhor lugar é aquele onde está todo mundo bem. Conceito de família, além de muito relativo é a gente que cria. Você pode fazer o ambiente harmonioso como é do seu desejo, não sei, acho que agora como mãe você tem que pensar como será para a Milena. E aí nesse ponto, eu sugiro conversar com outras mães, inclusive a sua, que deve de tomar essa decisão uma vez na vida e como foi para ela. Dali você vai chegar a uma conclusão que pelo menos te deixe mais tranquila…

    beijos

    Julie
    Ultimo post: Por aí: Inauguração da MN Laclau

  12. Lorna

    December 2, 2011 at 20:43

    Eu que nunca pensei em ter filho, jamais pensei no assunto. Agora que comecamos a pensar nessa possibilidade eu sempre me preocupo com isso. Veja, eu venho de uma familia enorme que se reunia na casa de veraneio todo final de semana. Sabe, aquela primaiada toda! Sou muito ligada a minha mae e morro de saudades dela. Eu imagino os seus questionamentos, pq se eu faco essas perguntas sem mesmo esta gravida.

  13. Verônica

    December 9, 2011 at 17:52

    Acho que concordo com muitas pessoas aqui como a Vivi,Julie, Lu Francesa…Família não é um conceito estanque e sim quem vc considera e que te trata bem.Acho que fantasiamos muito quando estamos longe. Existe um dizer que fala que os amigos tb são nossos familiares que escolhemos?
    Fique tranquila que ter os avós nas férias é muito bom. Se puderes ir ao Brasil pelo menos a cada 2 anos com a Milena já vai ser incrível. Eu tive poucas fárias com minha família por parte de pai que moram em outro continente e ainda sim tenho boas lembranças.

  14. Márcia

    December 21, 2011 at 00:35

    Oi Mi,
    Terminei o Noivado e voltei para o Brasil há um mês. Os questionamentos que rondam sua cabeça agora já rondavam a minha, embora eu não estivesse grávida. Mas eu fazia constantemente algumas projeções de futuro… e tinha uma séria dificuldade em me ver criando filhos longe do meu país, minhas raízes e minha família.
    Concordo com alguns comentários feitos anteriormente, no seio de sua casa, você e seu esposo vão dar o ritmo. Mas o seu íntimo, você sabe o quanto a saudade aperta, ou não.
    Boa sorte, seja feliz!
    Márcia
    Ultimo post: As 10 paisagens mais fantásticas de 2011 ~ Top 10 Landscapes in 2011

Mais do mesmo

Michelle, carioca, peruana, já meio alemã, não bate bem, fala o que pensa, cientista politica, geminiana, mandona, indecisa, pontual, complicada e nem um pouco perfeitinha, criticona, sarcástica, mimada e gente boa (pelo menos dizem por ai).

Mamãe de 2 (uau..já?!) , mas mesmo assim desprovida de instinto materno. Vivendo e aprendendo.

Tags

Munique

München
Céu quase limpo
Céu quase limpo
13°C
Temp. sentida: 14°C
Humidade: 36%
Vel. vento: 0 km/h E
Por do sol: 20:11
Previsão April 21, 2019
Dia
Muito sol
Muito sol
22°C
Previsão April 22, 2019
Dia
Céu por vezes nublado
Céu por vezes nublado
22°C
Previsão April 23, 2019
Dia
Céu por vezes nublado
Céu por vezes nublado
22°C